Brasil

Publicada em 15/06/18 às 22:31h - 18 visualizações
Paulo Câmara rebate bloco de oposição ‘Pernambuco vai mudar’: “não têm consistência”

Blog do Edenevaldo Alves


Iniciando o périplo como pré-candidato do bloco de oposição 'Pernambuco vai mudar', o senador Armando Monteiro (PTB) já deu o tom que deve adotar contra o Palácio do Campo das Princesas. Em Petrolina, o senador alfinetou o Governo cobrando soluções para questões relacionadas à segurança e saúde.

Ao falar sobre o assunto, Armando fez uma ressalva ao trabalho do ex-governador Eduardo Campos, mas em seguida reprovou a "postura" do atual chefe do Executivo e criticou a falta de orçamento para lidar com o assunto em anos anteriores. "Agora já perto do ano eleitoral, vocês verificaram uma ação que muito se destina muito ao marketing, que é, por exemplo, apresentar a ampliação dos efetivos, a instalação de batalhões em algumas áreas que há muito já eram reclamadas pela população", pontuou.

O senador esteve acompanhado do companheiro de chapa e pré-candidato ao Senado, deputado Mendonça Filho (DEM), do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e do deputado federal Fernando Filho (DEM).

Além da pauta da segurança, Armando Monteiro criticou a situação da saúde pública do Estado classificando-a como "caótica". "É a maior queixa da população de Pernambuco", lembrou.

Segundo Câmara, a oposição não possui serviço prestado ao Estado. "São ataques que não têm consistência. Até porque o que falta do outro lado a gente tem, que é serviços prestados a Pernambuco, experiência e sabemos o que a gente não quer. Eles estão do lado que a gente não quer (estar), estão junto com o presidente Temer", declarou.

O socialista também reforçou a pecha de palanque do presidente Michel Temer (MDB) que vai dar o tom da campanha. "Pernambuco não concorda com a forma que o Brasil vem sendo administrado e nem com essas alianças que a oposição, liderada por Armando Monteiro e pelo ministro Mendonça Filho (DEM), que entendem que o melhor é Temer e nós entendemos o contrário", afirmou.

Câmara e Monteiro Neto são velhos conhecidos. Caso a vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), não participe da eleição estadual de outubro, eles vão reeditar a disputa eleitoral de 2014, quando o socialista derrotou o petebista no primeiro turno, com 3.009.087 votos contra 1.373.237.

Em campos opostos, eles estão pelo Sertão. Enquanto o petebista promoveu um ato de pré-campanha em Petrolina, o socialista realizou agendas administrativas em Araripina, Ouricuri, Bodocó e Exú, no Sertão do Araripe. Entre outras ações, o governador apostou na área de Educação, que tem lhe rendido agendas positivas. Nesta sexta-feira (15), o gestor visitou Salgueiro, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, novamente com Educação em pauta. Monteiro Neto segue em Petrolina.







(87) 99930-1660

No Ar
MBP
Enquete


Nenhum registro encontrado


Estatísticas
Visitas: 134474 Usuários Online: 14


Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros




Copyright (c) 2018 - Orocó FM - Todos os direitos reservados